Cheque Sem Fundo – Título Protestado – Como sair do CCF

Neste artigo saiba tudo sobre Cheque Sem Fundo, como limpar seu nome e sair da CCF, Serasa e SPC.

O que é um cheque?

O cheque é um título de crédito e também uma ordem de pagamento à vista. É considerado um título de crédito, pois quem o recebe pode protestar ou executar em juízo caso haja alguma irregularidade na compensação deste cheque.

O cheque é uma ordem de pagamento à vista por que no momento da sua apresentação ao banco deve ser pago. O valor máximo que se pode receber é de R$5.000,00 (cinco mil reais), valores acima deste devem ser comunicado ao banco antes da sua compensação.

O cheque envolve três agentes:

1. O emitente: aquele que emite o cheque;
2. O beneficiário: aquele que recebe o cheque emitido;
3. O sacado: é o banco onde será compensado o cheque.

O que é um cheque sem fundo?

Um cheque sem fundo é o cheque que, após a sua apresentação ao banco sacado, verifica-se que não tem fundos (recursos, dinheiro) para a compensação. Este cheque é devolvido ao beneficiário, que pode apresentá-lo só mais uma vez.

Toda vez que um cheque é devolvido, registra-se em seu verso uma declaração datada com o motivo de sua devolução. Caso este cheque tenha sido apresentado no caixa, o registro deve ser feito com anuência do beneficiário.

Apresentação do cheque pela segunda vez

Até o momento em que o cheque é apresentado e devolvido pela primeira vez, o emitente do cheque pode resolver a situação assegurando que os recursos em sua conta sejam suficientes para compensar o cheque.

Outra alternativa é sustar o cheque, o que é uma péssima idéia, pois não impede o beneficiário de protestá-lo, pois o cheque é um título de crédito.

Se não houver uma ação do emitente para resolver esta situação e o cheque ser apresentado pela segunda vez, o mesmo será devolvido novamente por falta de fundos e o emitente será incluso no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF) do Banco Central. Neste caso o banco sacado é obrigado a notificar o emitente que seu nome está sendo incluso no CCF.

Conseqüências da inclusão do nome no CCF

Com o nome do emitente registrado no CCF, fica proibido o recebimento de um novo talonário de cheque.  Além disso, fica ainda a critério do banco encerrar sua conta.

O beneficiário pode recorrer à justiça para pagamento da dívida, bem como pode protestar o cheque, que é um título de crédito, piorando ainda mais a situação do emitente do cheque, que além de ter seu nome incluso no CCF, poderá também ter seu nome sujo junto ao Serasa e SPC.

Nota: Desde Dezembro de 2006 o Banco Central determinou que apenas o titular emitente do cheque é que deveria ter seu nome incluso nos cadastros do CCF. A normatização anterior previa que todos os titulares da conta “conjunta” deviam ter seus nomes inclusos no CCF.

Em resumo, com o nome sujo no CCF você:

• Ficará sem talões de cheques;
• Poderá ter sua conta encerrada pelo banco;
• Poderá ser protestado e ter seu nome sujo no Serasa e SPC;
Como limpar seu nome e sair do CCF.

Inclusão do nome na Serasa e SPC

Além do seu nome poder ser incluso na CCF, existe  uma grande possibilidade do seu nome  também ser incluso na Serasa e SPC, portanto  passível de sofrer as mesmas consequências descritas acima.

Antes de pensar em limpar seu nome é necessário “checar” se o mesmo está sujo. Existem dois caminhos básicos:

1 – Fazer uma consulta CPF Gratis Serasa: geralmente  é a primeira opção de quem deseja confirmar se o nome está sujo, porém é mais demorada na obtenção do resultado;

2 – Consulta SPC Online e Consulta Serasa CPF: é uma opção paga, mas é rápida, segura, confiável e fornece mais detalhes que a consulta Serasa grauita.

Os únicos caminhos para limpar seu nome e sair do CCF são:

1) Expirar o prazo de 5 anos

Conforme o Código de Defesa do Consumidor, artigo 43, parágrafo 3, seu nome deve ser removido dos cadastros do CCF, ou de outro cadastro equivalente como a Serasa e SPC, transcorridos 5 anos.

2) Pagamento (quitação) do cheque sem fundo

A exclusão do emitente nos cadastros da CCF só será atendida mediante a apresentação de algum dos seguintes documentos que prove a quitação do cheque:

A. Cheque que deu origem à inclusão no CCF

Com o cheque em mãos a CCF entenderá que o cheque foi pago e que não existe mais dívida. Seu nome, portanto poderá ser excluído do CCF.

B. Extrato da conta que comprove o débito do cheque sem fundo

C. Declaração de quitação emitida pelo beneficiário

A apresentação da declaração de quitação deverá estar autenticada em tabelião e acompanhada de uma cópia do cheque que originou a ocorrência na CCF. Além de uma certidão negativa do cartório de protesto.

Uma vez provado a quitação do cheque, a CCF tem até 5 dias úteis para excluir seu nome de seus registros. Ao pedir a exclusão, o emitente deve solicitar ao banco o “recibo da carta de solicitação”, guardando-o até a conclusão do processo.

Veja mais detalhes sobre cheque protestado,  motivo cheque devolvido (devolução de cheque) e 7 Princípios sobre Cheques.

consulta-serasa-spc-cpf-gratis-online-scpc

Consulta CPF Online

Consulta CPF Online é o maior site de informações para reabilitação de crédito, limpar nome e dicas para realizar consulta online do seu CPF. Matérias 100% exclusivas!

Deixe um comentário

    • Odair Marinho
    • 10 de setembro de 2012

    Olá! Tenho dois cheques devolvidos e já quitados junto aos credores. O problema é que não tenho os cheques em mãos, tenho apenas as cartas de anuência. Já pedi junto ao banco a regularização e o mesmo não consegue encontrar os microfilme dos cheques já que os cheques foram emitidos em 2009. Tem outro meio de regularizar a minha situação se o banco não encontrar os microfilmes dos cheques?

    • Marilia
    • 11 de setembro de 2012

    Bom dia!
    Tenho um protesto em cartório de cheques de 2009. Em agosto de 2012 fiz o pagamento destes cheques com o credor e ele me devolveu todos. Como não tinha informações de o que fazer, primeiro devolvi estes cheques ao banco recebendo um comprovante de pagamento da tarifa CCF e a identificação do cheque. Depois levei estes comprovante do banco e o comprovante da empresa de quitação dos cheques ao cartório para retirar o protesto. Chegando ao cartório falaram que eu precisaria de uma carta de anuência, pois eu não estava com os cheques originais, apenas cópia no comprovante de pagamento para a empresa. Só que a empresa credora não quer me fornecer a carta de anuência porque ela já me entregou os cheques. Não consigo retirar o protesto!! Há algum outro documento que o banco possa me entregar talvez? Ou o comprovante de depósito para a empresa credora? O que eu faço agora?

    • carlos junior
    • 15 de setembro de 2012

    Boa noite! tenho 9 cheques devolvidos desde 2008, gostaria de saber se o prazo para exclusão do CCF são de 5 ou 3 anos?

    • welligton
    • 16 de setembro de 2012

    ola tenho uma folha de cheque que eu resgatei e antes de dar baixa perdi essa folha num encendio agora a loja da onde eu resgatei a folha nao existe mais fechou como eu fasso

    • fabiola
    • 24 de setembro de 2012

    Tenho um cheque devolvido em meu nome , hoje tenho ele em maos o que devo fazer é so apresenta-lo para meu gerente? terei alguma taxa?

    • credito
    • 25 de setembro de 2012

    entre em contoto posso ajudar

    • Jaqueline
    • 26 de setembro de 2012

    Passei alguns cheques para uma financeira e 03 deles voltaram por duas vezes, em seguida paguei todos e até agora a finaceira não enviou todos os cheques só recebi 1 , depois de muito ligar eles me enviaram mais 1 dia 18/09 e o ultimo não sabem nem aonde está.
    Já pedi a carta de anuencia ref. a este cheque e me disseram que só podem fornecer se o cheque tiver extraviado.
    Isso é uma falta de vergonha, já paguei tudo e eles não resolvem o meu problema isso já vai para um mes.

    O que eu faço, tem um prazo legal para depois que for feito a quitação da divida, neste caso, o credor me enviar a doumentação necessaria para regularizar a minha situação?
    Estou em Brasilia/df

    • Jaqueline
    • 26 de setembro de 2012

    Fabiola -Vc tem que levar o cheque original ao seu banco (aconselho tirar uma xerox e no ato da apresentação ao seu gerente pedir que ele faça um recibo deste e guarde ele pelo menos até o seu nome sair do CCF), quanto a taxa essa é mais ou menos de 25,00 por cada folha de cheque, mas é bom consultar o seu gerente.

    • Livia Souza
    • 6 de outubro de 2012

    Bom dia ! Passei um cheque para pagamento de ttitulo meu, para uma empresa nominei o cheque e a empresa carimbou e assinou atrais endossando o cheque que foi pago, esse cheque foi roubado e estou precisando saber quem foi o credor deste cheque o que faço ????????????

    • ystaygon
    • 8 de outubro de 2012

    Bom dia tinha um cheque que foi passado para o meu pai para pagamento de um carro e no ultimo cheque não foi resgatado o cheque e com isto o cheque entrava na conta e não havia saldo.
    e o rapaz que foi passado o cheque desapareceu perdeu todos os contatos, foi ao banco para falar com o gerente ele pediu que pegasse uma microfilmagem do cheque que poderia ter dados de ou aonde se encontraria o cheque, quando recebi a microfilmagem não tinha nenhum dados e o cheque foi para outro estado e não tinha informação de agencia e banco aonde foi depositado por havia voltado.
    o gerente relatou que tenho somente uma situação e esperar os 5 anos, já se passarão 4 anos e ainda estou na mesma situação queria retirar o meu nome para financiar uma casa e não posso por conta que o nome esta incluso no spc queria saber como posso proceder.

    • Fabio Machado
    • 10 de outubro de 2012

    Tenho um cheque devolvido desde 2009, onde passei em um salão de belzez, pore´m este salaoe fetuou uma compra d moveis e deu o cheque como pagamento, sendo que atraves da microfilmagem consegui localizar a emrpesa que depositou, porém ela elega que não tem nada em seu sistema,e não consta debito deste cliente ( salão), sendo que não quer me fornecer a carta, o que fazer se o cheque não esta com nenehum dos 2 e a que consta a conta depositada não quer me fornecer a carta.
    Abs
    Fábio Machado

    • luciana
    • 10 de outubro de 2012

    ola Vicente veja se pode me ajudar. tenho um cheque q esta prejudicando minha ha um tempo. mas tem um problema, a empresa que eu passei ele , faliu e ate hoje nao encontro essa folha de cheque para dar baixa no banco. como devo proceder agora??? nao tenho nem ideia de onde encontrar alguém dessa empresa…

    • Magno
    • 11 de outubro de 2012

    Boa dia! apareceu depois de 3 anos 2 cheques devolvidos sem fundo, os cheques foram pagos e peguei os mesmos só que antes de dar baixa perdi os cheques, fui ao banco estou com a imgem do cheque, mas não conseguimos localizar a pessoa que o depositou pois o nome esta inlegivel e agora estou precisando dar baixa nesses cheques como devo proceder?

    • claudio
    • 15 de outubro de 2012

    Gostaria de saber como faço para negociar minha dívida, pois fui protestado e a dívida já tem mais de dez anos, fui no cartório retirei a certidão e entrei em contato com a empresa, a atendente me informou que não consta nada contra mim ,no cpf. O que fazer?.

    • Giselle
    • 17 de outubro de 2012

    Boa tarde. estou com 6 cheques pendentes na data de 2005, mais vi que foi protestado em 2011.Sera que nesta situação ele expira em cinco anos? Se a resposta for sim me informe se eu devo contar da data do cheque ou a partir do protesto, aguardo sua resposta .
    Informando que hoje moro em Brasília mais esta situação esta toda no Rio de Janeiro me impossibilitando de resolver, aff tá muito difícil minha situação ajude-me por favor…

    • Daniele Sobotka
    • 17 de outubro de 2012

    Olá, estou com o mesmo problema da Sabrina, pode me enviar um modelo de carta de anuência para que eu possa limpar meu nome. Obrigada

    • EduardoDornelles
    • 19 de outubro de 2012

    Caro Vicente,
    Estou com um problema urgente… emprestei para um amigo de infância alguns cheques, e um deles meu amigo repassou e hoje está nominal à uma mulher que não estamos encontrando, e para ajudar ele estraviou esta folha… agora estou negativado e protestado pelo santander. O problema é que está tudo quitado junto à esta mulher, porém como está nominal não consigo resgatar junto ao santander. Já solicitei a micro filmagem porém esta não ajudou muito, pq mesmo tendo o nome da mulher não estamos encontrando-a.
    Como posso proceder de forma que por motivos profissionais preciso urgente resolver este problema pois a minha empresa está me cobrando para limpar meu nome

    • Carla
    • 22 de outubro de 2012

    Olá ..queria saber se tem como saber onde meu cheque foi depositado
    já tirei a microfilmagem mas não está nominal, o cheque era cruzado no valor de
    300,00 .. o banco pode me passar o nome do titular da conta na qual ele foi depositado?

    • Rafael Chaves
    • 23 de outubro de 2012

    Boa tarde, Estou com um problema no cheque a um bom tempo e não consigo resolver. Esse cheque está nominal a uma empresa de outra cidade, no entanto eu consegui a declaração da empresa, essa declaração foi assinada por um dos sócios e registrada em cartório, no entanto ao chegar no banco o atende disse que é preciso um outro documento dessa empresa comprovando que quem assinou pode responder pela mesma. Entrei novamente em contato com a empresa e o “assinante” enviou-me um documento, por fax, da receita federal (informações cadastrais da matriz) onde mostra que ele é Sócio-administrador da mesma. Fui novamente ao banco e mais uma vez o atendente disse que esse documento não serve, disse ainda que é preciso a ata ou o estatuto da empresa. O que posso fazer? esse é apenas o resumo do meu drama, já faz mais de 2 anos que tento resolver, mas cada vez que vou no banco é preciso de um documento diferente. Devo procurar a Justiça? Me ajudem por favor!!!!

    • divilinux
    • 29 de outubro de 2012

    Bom dia. Eu sou italiano. GOstaria de saber o que eu posso fazer pra tirar o meu nome so SPC pois constan 2 ocorencias de cheques devolvidos por falta di fundo. Porem eu ja devolvi todos e atè consegui fechar a conta. Obrigado….

    • Joneide
    • 30 de outubro de 2012

    Boa tarde!
    Tenho dois cheques do mesmo lugar que esta incluso no CCF data 2007,já fui ao banco pedir a microfilmagem duas vezes e o banco não consegue essa microfilmagem costa sem registro,não faço nenhuma idea de onde dei esses 02 cheques, o que faço? Os cheques são de R$33,60 cada e devido a isso não estou podendo financiar um imóvel,por favor me ajude.Me falaram para pedir uma cópia Velada para o Banco mas a gerente não me deu essa opção,ela falou se eu não conseguir resgatar o cheque, vou ter que entrar na justiça.
    Preciso muito resolver minha situação.
    Obrigada.

    • MICHEL ASSIS
    • 4 de novembro de 2012

    OLA BOA TARDE , VE SE VC PODE ME AJUDAR , RESGATEI 3 CHEQUES Q EU DEVI MINHA CASA FOI ROUBADA E OS CHEQUES ESTAVA NA PASTA , AS PESSOAS Q EU PAGUEI NAO EXISTE MAIS SUMIRAM COMO FAÇO PARA COM BANCO PARA DAR BAIXA NO SERASA ? SERA QUE VOU TER Q DEPOSITAR EM UMA CONTA JUDICIAL COMO FAÇO ISSO ? OBRIGADO.

    • Ederson de campos
    • 5 de novembro de 2012

    Olá!Quando eu estava fazendo auto escola meus cheques foram roubados do CFC e no caso eu pagava pra o CFC e resgatava os cheques!Os ladroes devem ter passado os cheques!Pouco tempo atras consultei e meu nome consta no CCF!Mas depois de cinco anos sai automaticamente?E sera que posso fazer crediários em lojas?Obrigado!

    • simone
    • 6 de novembro de 2012

    olá eu emprestei 6 cheques para meu tio e ele nao pagou isso aconteceu em 2006 sei que um cheque foi protestado fui no cartorio e tudo meu o papel com tel e endereço nao encontrei a pessoa e os outros 5 cheques peguei a microfilmagem, mas nao entendo nada que diz no cheque nao aparece o nome da pessoa legivel da pra entende só o primeiro nome e atras nao da pra entende qual banco é que foi oq eu faço preciso limpar meu nome estou desesperada nao sei oq fazer nao sei com quem esta os cheques como vou pedir esta carta de anuencia assinada e reconhecida firma .

    • Dora Forestieri
    • 12 de novembro de 2012

    Olá. Estou há meses tentando encontrar um cheque que foi devolvido duas vezes na minha conta e não consigo contato com a pessoa. Já liguei no banco onde foi depositado, já liguei para várias pessoas da cidade, mas como, de acordo com o banco a pessoa mora em zona rural, não consigo contato de forma alguma. Como devo proceder? Não posso fazer o depósito na conta da pessoa e receber quitação pelo banco? Me ajude… Obrigada!

    • Edilson
    • 12 de novembro de 2012

    Bom dia

    Um Amigo meu depositou um cheque na conta poupança da minha mulher no valor 4500 reias , mais o cheque estava nominal a min, e por isso foi devolvido , o problema é que apos 1 mes o banco ainda não devolveu o cheque pra minha mulher devido a conta dela ser de outra praça de onde foi depositado o cheque , gostaria de saber se o proprietario do cheque sustasse o cheque e min desse o outro resolveria o problema , caso contrario como vou proceder pra não ficar no prejuizo?

    • CLAUDIA
    • 14 de novembro de 2012

    TENHO UM CHEQUE NO VALOR DE 6.000,00 REAIS QUE RECEBI DO CLIENTE, AO SER DEPOSITADO NA CONTA O CHEQUE FOI DEVOLVIDO PELO MOTIVO 11 E QUANDO REPRESENTADO PELA SEGUNDA VEZ FOI DEVOLVIDO PELO MOTIVO 21.GOSTARIA DE SABER SE ISSO É LEGAL? POIS MOTIVO 21 É DIVERGÊNCIA DE ASSINATURA, DESSA FORMA NÃO DEVERIA CONSTAR ESTE MOTIVO DESDE A PRIMEIRA APRESENTAÇÃO? E AGORA POSSO INCLUIR ESTE CHEQUE NO SPC/SERASA?

    • Patrica
    • 18 de novembro de 2012

    Passei um cheque p/ um deposito de construção e ele repassou, não foi nominal, o responsavel não sabe com quem esta o cheque este por sua vez foi depositado antes do tempo e devolvido por 2 vezes, quero limpar meu nome o responsavel pelo material de construção pode me dar a carta de quitação do cheque, mesmo esse cheque não estando mais com ele, isso vale p/ limpar meu nome junto ao banco

    • Rafael
    • 24 de novembro de 2012

    Tenho um cheque devolvido linha 12 fiz o pagamento atraves de deposito, porem a pessoa não devolve o cheque, posso usar o comprovante de deposito como anuencia.

    • Thaynara
    • 27 de novembro de 2012

    Olá. Dei o cheque para uma empresa, e ela repassou nominalmente a outra empresa.
    Porém já faz muito tempo, e a empresa que dei o cheque não está com ele nem se recorda para quem passou, dizendo que não conhece a empresa que está nominal no cheque.
    O que faço para pagar ou como faço a declaração de quitação? Tem que ser pra quem está nominal?
    Por favor me ajudem!

    • Fernanda
    • 27 de novembro de 2012

    Boa tarde, estou com uma dúvida estou com 3 cheque que foi devolvido, e paguei a pessoa e não sabia que tinha que devolve-los ao banco. Enfim .. isso tem um ano, e só essa semana soube que meu nome estava no CFC por este motivo, quando fui devolver o cheque ao banco me falaram que tenho que pagar um valor aproximado de $50,00 ao banco, para que retirem meu nome do CFC se não me engano. Minha duvida é se essa taxa é realmente obrigatória ou consigo recorrer e não paga-la?

    • gerusa
    • 28 de novembro de 2012

    olá bom dia , gostaria de saber oque acontece quando se tem 10 cheques devolvidos a 5 anos pois não consigo encontrar e o banco já nem existe mais era o banco real

    • Sérgio
    • 30 de novembro de 2012

    Tenho um cheque devolvido por motivo (11); E o mesmo foi depositado em 22/11/2011
    o propietário do cheque me enrrolou até agora, eu posso reapresenta-lo mesmo assim? depois de um ano?
    ajude me;

    • Sérgio
    • 30 de novembro de 2012

    Cont. O mesmo é do B/B

    • camila
    • 30 de novembro de 2012

    boa noite ,
    dei um cheque numa loja e o cheque voltou duas vezes, porem o cheque foi dado a terceiros, nao tenho como pagar agora pois estou desempregada, o que vai acontecer agora ?????

    • jaquelline
    • 8 de dezembro de 2012

    gostaria de saber o que fazer em relação,onde passei 3 cheques em tes vezes para uma empresa. e outro 2 cheque de 2 vezes a uma outra empresa e outro cheque de 3 vezes a uma outra empesa.
    sendo que o banco encerrou minha conta e não me cumunicou.
    e não consegui recuperar o cheque pois só fiquei sabndo quando fui depositar o dinheiro em miha conta e vi que minha conta estava encerrada.
    prolcurei o gerente do banco o mesmo me informou q naõ poderia fazer nada.
    o que fazer????
    liguei para as lojas onde passei o cheque para tentar recuperar o cheque????
    a loja disse que passou o cheque adiante e não tinha como localizar.
    tenho que pegar o comprovante depagamento com as lojas ou só o cheque devolvido basta?
    para limpar meu nome

    • DAVID
    • 13 de dezembro de 2012

    Senhores, passei dois cheques para uma pessoa que passou para um banco os mesmos cheques como uma forma de pagamento da divida desta pessoa. Tenho a pessoa, mas o cheque esta nominal ao banco com isso gostaria de saber: 1 – Tenho que ter a carta de anuencia da pessoa que paguei o cheque ou do banco que a pessoa repassou o cheque? 2 -Meu cheque é de São Paulo e moro em Belo Horizonte, tenho que tirar as certidões de onde de São Paulo ou da onde eu Moro Atualmente? 3 – As certidões são realmente necessárias? 4 – O reconhecimento de firma tem que SER ESPECIAL ou pode ser a normal mesmo? 5 – Se as certidões são de são paulo eu tenho como tirar em algum lugar em belo horizonte as certidões de são paulo?

    • Greiciane
    • 17 de dezembro de 2012

    Ola Vicente, a 4 anos abri uma conta no banco hsbc, meu ex marido rebentou meu nome com cheque, e meu nome esta sujo no ccf com 24 cheque sem fundo, me ex diz q nao vai pagar e eu nao tenho condição. Gostaria d saber se o ccf sai do SIC com 5 anos tambem?

    • CLEVERTON MIGUEL DOS SANTOS SILVA
    • 19 de dezembro de 2012

    TENHO CHEQUES SEM FUNDO EMITIDOS QUE FORAM PAGOS MAS O CREDOR DESTRUIU OS CHEQUES. COMO FAÇO PARA COMPROVAR O PAGAMENTO JUNTO AO BANCO? POR FAVOR ME ENVIE UM MODELO DE CARTA DE ANUENCIA.

    • filipe
    • 20 de dezembro de 2012

    Tenho um cheque cadastrado no CCF, porém já quitei junto ao credor o débito e após a entrega do cheque eu não apresentei ao banco e posteriormente perdi o mesmo. Agora solicitei ao credor que fizesse uma declaração dizendo que paguei para que eu possa apresentar no banco, e este colocou milhões de empecilhos para a confecção da declaração e até a presente data não me entregou a declaração. Ele alega lembrar do pagamento e tudo mais. Mas disse que se não encontrar no seus registros não poderá emitir a declaração. O que devo fazer neste caso?

    • Joel Araújo Sirqueira
    • 20 de dezembro de 2012

    Caro, Boa tarde !
    Gostaria de ajuda na seguinte situação:
    emprestei três folhas de cheques, que me causaram grandes transtornos…
    Porém após localizá-los e paga-los, devolvi-os ao banco que emitiu um boleto no valor total de R$ 129,00 no mês de julho de 2011…
    Agora precisei desbloquear meu cartão de crédito e descobri que as taxas dos três cheques ainda estão em aberto…
    ou seja me mostraram os talões que devolvi pra agencia, porém disseram que tenho que pagar as taxas novamente pois o sistema do banco não consta o pagamento dessas taxas.
    O que devo fazer? Pagar as taxas novamente? Visto que como faz bastante tempo não estou encontrando o comprovante de pagamento o qual tenho certeza que efetuei.

    • Andreza
    • 27 de dezembro de 2012

    Recebi de uma empresa 6 cheques e todos sem fundo, tem como a justiça me ajudar? e o que devo fazer?(valor 10.000).
    aguardo resposta, pois o desespero e grande.

    • Patricia
    • 2 de janeiro de 2013

    olá… tenho 2 cheques no CCF, e já quitei os 2, o problema é que perdi os originais dos mesmos, então pedi a microfilmagem, e eu consegui encontrar o credor de um e obter a carta de anuência, já o outro além de não esta nominal também ñ esta legível a conta que foi depositada, como faço pra dar baixa nele??

    • kariza
    • 5 de janeiro de 2013

    O cheque prescreve em 180 dias, para saque ou compensação.
    Porém ele pode ser protestado a qualquer momento desde que não se consiga compensá-lo, por falta de fundos ou outro motivo qualquer.
    Ele só não é protestável se existir uma contra ordem com B.O.

    • Allymeire da Silva Prado
    • 2 de fevereiro de 2013

    Olá….tenho uma dúvida e espero que vc possa me ajudar….eu emprestei 2 cheques …mas a pessoa não conseguiu pagar e eu também não tive condições de arcar com as despesas.. gostaria de saber quanto tempo depois do cheque ser apresentado pela segunda vez…demora para q o meu nome seja incluso nos órgãos de proteção ao crédito.. e se tem como o gerente do banco …adiar ou dar um prazo..e se é incluso somente o meu nome ou se tbm vai o da pessoa q eu emprestei o cheque..
    Muito Obrigada…

    • Haroldo
    • 19 de fevereiro de 2013

    Caro Vicente Matos se for possivel gostaria muito do modelo desta carta! de de ja muito obrigado

    • Gabriela
    • 1 de março de 2013

    Bom dia, a alguns anos passei alguns cheques para uma academia, por descuido meu, acabaram voltando, porém ninguém nunca me informou, para minha surpresa fui abrir uma conta e não consegui por estar com o nome sujo, fui até a academia e eles não sabem aonde está o cheque, o que posso fazer?

    • Roberto S. Narita
    • 7 de março de 2013

    Bom dia Vicente tudo bem li nos comentários que vc tem um modelo de carta de anuência para ser apresentada ao banco gostaria muito desse modelo pois preciso dar baixa num cheque que ja paguei mas a empresa nçao sabe onde esta meu cheque.
    Obrigado desde ja.

    • Maria
    • 12 de março de 2013

    Boa tarde, Vicente.
    Gostaria de tirar uma dúvida pois passei muita raiva no banco hoje. Passei um cheque que voltou duas vezes por problemas pessoais, a empresa não é do meu Estado e por isso tive uma grande dificuldade para conseguir entrar em contato com eles. Depois de fazer a transferência bancária com o valor correto, eles me informaram que a empresa tinha sido vendida e na troca, o meu cheque havia sumido. Pedi a carta de anuência e eles me enviaram pelo correio já com registro do cartório local. Também já tinha a microfilmagem da folha e peguei a certidão de nada consta.
    No entanto, o banco não aceitou a documentação porque a carta de anuência informava um valor diferente do valor do cheque da microfilmagem. A diferença é de um real! Mas a data de emissão e número do cheque estão corretos. Ainda assim, o banco não aceitou dar baixa no cheque.
    Isso está correto? Se eu tenho a declaração de nada consta, ainda preciso dar baixa no cheque?
    Muito obrigada.

    • natali
    • 15 de março de 2013

    Bom dia, Vicente.
    Olha só eu e meu marido compramos um carro no qual o valor desse carro era 8.000,00 , quando compramos fizemos o financiamento desse valor mais o vendedor nos disse q o banco só aprovou 7.000,00 e q teríamos de dar 1.000,00 de entrada.
    Dei 2 cheques para ele, um de 1.000,00 e o outro q seria referente a documentação de 450,00.
    O de 1.000,00 esta sem fundo pois fui mandada embora da empresa e não tenho dinheiro para pagar e o de 450,00 ainda não caiu…O cheque é meu mais o carro está no nome do meu marido ,ou seja o financiamento foi feito no nome dele .A minha dúvida é ?Isso pode dar busca e apreensão ….

    • sonia maria t da silvaavares
    • 17 de maio de 2013

    olá, eu passei um cheque a mais de dez ano, e agora que administradora entrou em contato comigo ja com meu nome no serasa. como eu posso tã agindo neste casso. eu aguardo.
    desde já obrigada!

    • TATIANA
    • 27 de maio de 2013

    Gostaria de saber :
    Eu recebi um cheque nominal e cruzado, tenho que depositar na minha conta certo, mas se ele nao tiver fundo ou tiver sido sustado o que faço???
    Ele volta pra mim? ou para quem me deu o cheque???
    DEVERIA TER MAIS INFORMACOES PRA QUEM RECEBE O CHEQUE!!!!!!!

    • Emilia C, da Silva
    • 11 de junho de 2013

    Tenho um cheque cadastrado no CCF, porém já quitei junto ao credor o débito e após a entrega do cheque eu não apresentei ao banco e posteriormente perdi o mesmo. Agora solicitei ao credor que fizesse uma declaração dizendo que paguei para que eu possa apresentar no banco, e este colocou milhões de empecilhos para a confecção da declaração e até a presente data não me entregou a declaração. Ela alega lembrar do pagamento e tudo mais, mas não sabe em que conta foi depositado. O que devo fazer neste caso?
    e a certidão tem que ser da cidade que eu dei o cheque ou pode ser dos cartórios da minha cidade?

    • larissa
    • 21 de junho de 2013

    Boa Noite, preciso de uma Luz! E o seguinte o Sogro esta com um cheque protestado no banco CCF desde 2009 valor de R$390 localizamos o cheque e o rapaz porem o mesmo esta em São Paulo esta cobrando o valor para devolver o cheque de R$800 sei que ja faz tempo mas o juros esta dentro do padrão de juros a ser cobrado? Moramos em BH estamos e nao tem como ir ate Sao Paulo e nem o rapaz vir de Sao Paulo para que possamos fazer a troca do dinheiro pelo cheque ele propoz para que fizemos um deposito e depois ele enviaria o cheque estamos com muito medo dele nao enviar , e ele esta com medo de enviar o cheque e depois que o cheque chegasse de não realizássemos o pagamento. O que fazer voce pode me ajudar, se eu fosse pagar o cheque em juizo adiantaria alguma coisa?e o juros esta certo?

    • Fernando Gomes
    • 25 de junho de 2013

    Caro amigo, vc deve solicitar a ele o endereço em que está residindo em são paulo, vc entra com uma ação e purga a mora, e efetue o pagamento em juizo, e o juiz lhe entregara o documento comprovando a quitação da sua obrigação.

    Procure um ótimo advogado em sua cidade de preferencia a advogados especialistas em direito civil!!
    Espero ter te ajudado !!! E boa sorte

    • sabrina
    • 26 de julho de 2013

    eu tenho um protesto num cartorio lá em SP eu moro em minas por tanto é longe nao tenho tempo de ir até SP oq eu faço? eles podem mandar um boleto para eu pagar aqui? quais os recursos que eu tenho para nao precisar ir lá?

    Obrigada Sabrina.
    26/07/2013.

    • Bemilde
    • 8 de agosto de 2013

    Boa tarde,
    Tenho 3 cheques devolvidos em uma empresa no valor total de 630,00, ja tem uns 2 anos, entrei em contato com os mesmos pra liquidá-los e me informaram que hoje está no valor de 2.560,00, achei muito alto pois o produto que adquiri hoje custa 460,00 as vezes até menos. Me disseram que não tem intençao em dar desconto porque não vale apena receber, ganham mais se meu nome ficar sujo e que ja tinham dado a divida como perdida, tambem me informaram que esta protestado. Gostaria de saber se eu quitar no cartorio a dívida, como terei de volta os cheques e além do cartorio terei que pagar mais à loja? De todos os meus credores todos negociaram somente estes estão colocando empecilhos. obrigada agradeço o esclarecimento referente este assunto.

    • Patricia
    • 22 de agosto de 2013

    Oiii, tinha cheques devolvidos, so que ja ultrapassaram 5 anos disto, tenho estes cheques e mãos, não levei no banco, meu nome no serasa esta ok. queria saber o que devo fazer, pois quero comprar um carro e tenho medo de ir e ser reprovada por causa disto

    • josé wagner
    • 23 de agosto de 2013

    Tive 2 cheques devolvidos em 2008 resgatei os cheques mas perdi os mesmos, o que eu faço agora para dar baixa no mesmo?

    • jose gregorio
    • 18 de janeiro de 2014

    tenho 5 cheques devolvidos em 2010 treis foram recuperados 2 não consegui localizar o q fazer

    • Angelo
    • 16 de fevereiro de 2014

    Tenho um cheque que está nominal a uma empresa (PJ), já falei com o dono e ele perdeu o cheque e fará uma declaração de quitação, mas minha dúvida é, essa declaração pode ser feita usando os dados dele, de pessoa física? Como seria essa declaração nesse caso?

    • Alisson Agostinho
    • 20 de fevereiro de 2014

    Posso abrir uma empresa, ou entrar em sociedade com o nome no CCF ?

    • tatiane alexsandra
    • 13 de março de 2014

    e ele tem que mandar a carta registatrada mais a declaracao pq ele nao encontrou mais o meu cheque

    • Luciana
    • 15 de março de 2014

    meu cheque foi devolvido 2 vezes ao banco e agora ta sendo protestado,eu quero pagar como devo proceder?
    outra dúvida terei algum problema com minha conta no banco com esse cheque protestado?
    tipo quando cair dinheiro na conta o banco pode comer? haver desconto?

    • Ana
    • 20 de março de 2014

    Tem uma empresa me cobrando um cheque que emiti em 2006, e agora entraram em contato comigo dizendo que vão protestar caso eu não pague o valor que eles querem. Mas achei o valor muito alto. O valor do cheque era R$ 1200, mas agora eles estão me pedindo quase R$9.000,00. De qualquer forma eles podem protestar? Recentemente abri conta em dois bancos, peguei talões de cheques e cartão de crédito.

    • luis
    • 26 de abril de 2014

    depositei um cheque de terceio na minha conta dia 16-04 ,dia 17-04 o cheque estava compensado ,tinha saldo ,mas como tinha os feriados fui no banco retirar o valor dia 21-04 ,o caixa me deu o valor do cheque e fui para casa ,entao dia 22-4 o banco me ligou e pediu para ir ate a agencia porque tinha dado um problema com esse cheque ,cheguei la e me disseram que o cheque estava sustado ,tinha um carimbo do dia 22-04 ,e me disseram que eu tenho que devolver o dinheiro para o banco porque foi erro do sistema ,mas como isso se dia 17-04 o caixa me pagou o cheque ????falei com meu advogado e ele disse que isso nao existe ,se o banco pagou e´ porque tinha fundos e se foi erro do sistema problema do banco ,agora o banco nao para de me ligar ,para devolver o valor ,O QUE FAÇO AGORA ,?

    • d1060
    • 5 de maio de 2014

    Boa tarde, Tenho dois cheques devolvidos. O beneficiário dos cheques entrou na justiça. Fiz o pagamento por vias judiciais. e o processo ainda está em andamento. como consigo receber os cheques de volta? Obrigado.

    • d1060
    • 5 de maio de 2014

    Boa tarde , Tenho dois cheques devolvidos. O beneficiário dos cheques entrou na justiça. Fiz o pagamento por vias judiciais. e o processo ainda está em andamento. como consigo receber os cheques de volta? Obrigado.

    • Mi
    • 29 de maio de 2014

    Meu nome esta no CCF por meu cheque esta sem fundo, o qual tenho a microfilmagem pois perde o cheque, pelo motivo 11! Isso pode??

    • Jonas
    • 20 de outubro de 2014

    Meu nome já vai fazer cinco ano no CCF! Sera que vai realmente sair do CCF ou Serasa?

Serasa e SPC ampliam parceria

Neste ano de 2014 uma parceria entre a Serasa Experian e o SPC dominou os dois últimos dias da Convenção…

Organização Financeira do Brasileiro

A pesquisa abaixo detalhada foi realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em parceria com o portal virtual…

Como renegociar dívidas com o banco

O ano de 2014 trouxe um cenário de inflação, juros altos e desaceleração econômica. Diante desta conjuntura, os consumidores que…

4 Maneiras de fazer uma consulta CPF

Como é de conhecimento comum a toda a população, o CPF é o registro de cidadão perante a Receita Federal…

Como localizar um cheque devolvido?

A emissão de cheques sem fundos acarreta a inclusão do nome do consumidor no Cadastro de Emitentes de Cheques Sem…