Cuidados ao limpar nome sujo

Consumidores precisam tomar cuidado redobrado com as promessas milagrosas que certas empresas fazem, afirmando zerar os débitos e retirar qualquer menção ao nome de devedores do cadastro de inadimplentes.
Esses anúncios, veiculados tanto em classificados de jornais e por sites ou anúncio on-line, prometem essas facilidades garantindo ao consumidor que a anotação da inadimplência será retirada sem o pagamento da dívida.

O consumidor precisa ter uma atenção redobrada na hora de “limpar nome sujo”, para não se tornar mais um número nas estatísticas de vítimas de golpistas.

No final das contas, a melhor opção para regularizar uma pendência financeira é procurar diretamente o credor para fazer uma negociação ou buscar informações nos postos de atendimento gratuito da Serasa ou do SPC.

Conforme o que é mostrado no vídeo abaixo, em momentos de fragilidade – por conta de alguma necessidade urgente de se regularizar uma pendência financeira – muitas pessoas recorrem a agiotas.

Como mostrado no vídeo os agiotas utilizam de meios aparentemente legais para tomar bens de pessoas que não lhes pagaram por um empréstimo concedido – além dos juros abusivos de 20 a 30 por cento ao mês cobrados no empréstimo.

Contudo, diariamente se vê agiotas como mandantes de execuções ou outros tipos de crimes cometidos contra seus clientes.

Na internet, também se encontram sites ou anúncios que vendem kits e CDs com informações sobre como limpar nome sujo sem pagar a dívida. Na verdade, esses kits ensinam o consumidor a praticar golpes ou então a praticar crimes como falsidade ideológica ou falsidade documental a fim de se livrar das dívidas – gastar R$ 50,00 por esse tipo de informação não é e nunca foi uma boa alternativa.

Algumas dessas supostas empresas se oferecem como intermediárias da renegociação de dívida, cobrando serviços e taxas antecipadas, geralmente com valores acima de R$ 250,00 e em seguida, obviamente, as pessoas com quem o consumidor falou nessas supostas empresas desaparecem sem deixar rastro – e sem quitar sua dívida também. “Empresas” como essas, além de cobrar suas taxas, também afirmam que trabalham de forma completamente sigilosa e não dão garantias.

Por estes e outros motivos, recomenda-se que o consumidor evite intermediários. O próprio consumidor pode procurar diretamente o credor e se informar sobre os procedimentos para quitar a sua dívida.

O procedimento correto para limpar nome sujo é mais prático, mais fácil, mais seguro e gratuito. O consumidor tem a certeza de que anotação de inadimplência será retirada e que sua dívida será paga.

Não é necessário pagar nenhuma taxa para retirar o nome de uma pessoa física do cadastro de inadimplentes – o que se faz necessário é o pagamento da dívida ou sua renegociação.

No Brasil, as únicas formas de se limpar nome sujo são: a) por meio do pagamento da dívida que gerou a negativação b) por meio de uma renegociação c) depois de cumprido o prazo de cinco anos para prescrição da dívida.

A renegociação costuma ser o melhor meio, pois apenas com o pagamento de uma entrada, a anotação de inadimplência já pode ser retirada.

Veja também:

O que é, e como fazer uma Consulta Serasa
Como limpar nome sujo na Serasa e SPC em detalhes!

COMPARTILHE NOSSA MATÉRIA!

MATÉRIAS RELACIONADAS

PRINCIPAIS CATEGORIAS

PRINCIPAIS MATÉRIAS

Reader Interactions

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *