Serasa e SPC ampliam parceria

Neste ano de 2014 uma parceria entre a Serasa Experian e o SPC dominou os dois últimos dias da Convenção Nacional do Comércio Lojista.

As dias instituições criam, por meio desta parceria, um dos maiores bancos de dados de devedores do País.

A parceria Serasa SPC não trata de uma fusão das duas empresas, nem sequer a troca de ativos.

Trata-se apenas de um convênio para a troca de informações, o que acaba propiciando ampla cobertura nacional para as duas empresas, mesmo em regiões onde há uma presença maior de associações comerciais.

Serasa e SPC continuam sendo empresas independentes uma da outra. O objetivo desta parceria é garantir mais agilidade para conceder crédito para os consumidores.

O lojista pode fazer a consulta do histórico do seu cliente por meio eletrônico, a um banco de dados integrado entre os dois órgãos. Quando um consumidor vai ao comércio fazer uma compra a crédito, o lojista realiza uma consulta a fim de saber se o cliente está ou não com o nome sujo, a fim de liberar a venda.

Esta consulta é feita diretamente a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), entidade que administra o SPC. As bases de dados das duas empresas se comunicam entre si, por mais que sejam independentes. Todo o país fará parte deste sistema integrado.

Antes desta parceria, os inadimplentes que estavam com nome sujo no SPC não conseguiam ser visualizados pela Serasa, e vice-e-versa, agora isto é possível!

Um dos benefícios desta parceria é a agilidade, uma vez que a liberação do crédito pode ser feita mesmo que o consumidor esteja morando em outro estado.

Um exemplo: Quando o consumidor não paga uma dívida no Recife, depois do prazo de pagamento, entre uma semana a quinze dias, a loja comunica ao SPC, que enviará uma carta para a casa do consumidor, informando o valor, o vencimento, a data e o endereço da loja, independente do local onde o consumidor esteja.

Depois do período entre uma semana e dez dias, o nome do consumidor aparece na listagem de mais pagadores no cadastro do SPC ou da Serasa Experian.

Se o cliente devedor quiser limpar o nome, ele terá dias opções a sua disposição: procurar o estabelecimento onde fez a dívida para quitá-la ou comunicar a CDL para que a Câmara possa intermediar o pagamento ou o reparcelamento do débito com a loja.

Desta forma, o consumidor não precisará se deslocar até o endereço da loja onde possui a dívida, como era praticado antes da parceria.

Os consumidores inadimplentes ficam, no máximo, por cinco anos com o nome sujo no SPC ou na Serasa, como determina a lei no país. A análise da CDL é que o brasileiro é um bom pagador, sendo que mais de 65% dos brasileiros que recebem a carta do SPC ou da Serasa, regularizam seu débito com o lojista ou com a instituição financeira em até 30 dias.

consulta-serasa-spc-cpf-gratis-online-scpc

Consulta CPF Online

Consulta CPF Online é o maior site de informações para reabilitação de crédito, limpar nome e dicas para realizar consulta online do seu CPF. Matérias 100% exclusivas!

Deixe um comentário

    Organização Financeira do Brasileiro

    A pesquisa abaixo detalhada foi realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em parceria com o portal virtual…

    Como renegociar dívidas com o banco

    O ano de 2014 trouxe um cenário de inflação, juros altos e desaceleração econômica. Diante desta conjuntura, os consumidores que…

    4 Maneiras de fazer uma consulta CPF

    Como é de conhecimento comum a toda a população, o CPF é o registro de cidadão perante a Receita Federal…

    Como localizar um cheque devolvido?

    A emissão de cheques sem fundos acarreta a inclusão do nome do consumidor no Cadastro de Emitentes de Cheques Sem…

    Cartão CPF Serasa Consumidor

    A Serasa Experian possui uma série de serviços que podem ser explorados pelos consumidores. Alguns serviços são pagos e outros…