Como consultar Serasa e Tipos de consultas oferecidas

Em muitos textos que remetem a consulta ao banco de dados da Serasa – ou mesmo de outros órgãos de proteção ao crédito – percebe-se uma procura muito grande pelas consultas gratuitas. Contudo, além delas, também é possível realizar uma consulta Serasa mais detalhadas ou mais específicas, investindo muito pouco.

Trata-se de um investimento sim, em segurança para as transações econômicas, visando reduzir a inadimplência.

Algumas destas consultas são descritas nos produtos abaixo especificados, oferecidos pela empresa Serasa Experian, e tem por objetivo auxiliar na busca de informações com maior qualidade.

Vamos explanar abaixo os principais tipos de consultas oferecidas pela Serasa, através dela a maioria das pessoas negativadas poderão analisar melhor o quanto devem e seus credores. Veja como consultar Serasa através dos seus principais produtos!

Como consultar Serasa através do Concentre Serasa

O Concentre Serasa é, talvez, o produto mais amplamente utilizado pelas empresas que contratam os serviços da Serasa Experian. Trata-se de um serviço utilizado para a primeira consulta ao CPF de uma Pessoa Física que uma empresa faz – mas não somente para a primeira consulta. Nesse aspecto, trata-se de um produto que visa facilitar que a empresa conheça o seu cliente.

O serviço também permite consultar CNPJs. As informações constantes no relatório do Concentre Serasa são: Informações sobre cheques sem fundos, falências, concordatas, ações judiciais, pendências financeiras, dívidas vencidas, participações em empresas falidas, protestos e cheques sem fundos.

A empresa que deseja adquirir este produto pode optar pela modalidade pré-paga, onde se realiza a consulta diretamente pelo site da Serasa. Também é possível entrar em contato com a Serasa, tanto por telefone quanto pelo formulário do produto – disponível no site – e adquirir o produto pós-pago.

Depois de adquirir o produto, o cliente pode acessá-lo por fax, telefone, linha direta ou por rede – conexão computador a computador. Vale lembrar que existem outras modalidades do produto disponíveis no site da Serasa Experian.

Credit Bureau Serasa

O Credit Bureau da Serasa é um Relatório Completo Sobre Consumidores. Pode-se consultar tanto PF quanto PJ, e o produto oferece informações cadastrais, pendências financeiras, dívidas vencidas, ações judiciais e participações em empresas falidas.

O diferencial é que este relatório é mais completo e abrangente, pois também traz registros de consultas. Com um produto mais amplo é possível conhecer melhor o perfil do cliente e ter mais alternativas de negócios a oferecer.

Para contratar este produto a única alternativa é o pagamento pós-pago. Adquire-se o produto por meio do Televendas Serasa Experian, contratando-se um valor mensal definido para fazer as consultas e utilizar o serviço.

Após o fechamento do mês o valor das consultas efetuadas é somado para pagamento. Para realizar consultas por este serviço a Serasa oferece a consulta online, por telefone, fax, ou rede – servidor do cliente ligado diretamente ao servidor da Serasa.

Crednet Serasa

O Crednet Serasa é um produto mais voltado para operações de crédito que envolvam cheques e protestos, embora não sejam as únicas operações detalhadas pelo serviço.

A consulta pode ser feita tanto para PF quanto para PJ, e as informações acessadas são as de protestos estaduais, pendências financeiras, dívidas vencidas, nome do titular do CPF e situação do documento, a razão social do CNPJ e a situação do documento, endereço e telefone referentes ao documento consultado, e cheques sem fundos, roubados, sustados, cancelados ou extraviados.

O produto pode ser adquirido na modalidade pré-pago ou pós-pago e as formas de consulta são as mesmas dos produtos anteriores – adicionando-se o uso de máquina de preencher e consultar cheques.

Alert Scoring

Trata-se de um serviço utilizado para identificar inconsistências do cliente, PF ou PJ, no mercado. Utilizando uma pontuação, chamada de Score,  de 1 a 5 para sinalizar o risco das transações, sendo que, quanto maior o número, maior a propensão a inconsistência na operação.

Considera-se informações como ramo de atividade, alterações no contrato social e histórico de inconsistências sobre o cliente consultado, entre outras informações semelhantes.

2 Comentários

  1. Fábio Miranda costa 30 de junho de 2014
  2. Roseli Araujo de Andrade 7 de abril de 2014

Deixe um Comentário